A Catedral de Sal

É um patrimônio religioso e artístico da Colômbia, considerada sua primeira maravilha. Localizada no interior de uma mina de sal, que funcionou desde os tempos da colonização até meados do século 20. Desde então mineiros e escultores transformaram o lugar em um conjunto artístico de grande interesse.

 

Tour à Catedral de Sal

Há várias opções de entrada. O ingresso mais simples só permite a visita à Catedral. Mas se pode acrescentar a Rota do Mineiro, o Museo de La Salmuera e o Muro de escalar. Escolhi o que dava direito a todas as opções exceto a última e paguei  $ 32.000 (2013). No entanto, apenas a visita à Catedral já é suficiente.

No horário estipulado, a cada 15 minutos, é formado um grupo que, seguindo a guia, adentra lentamente pela escuridão da mina. Imediatamente se sente um cheiro forte, mas que depois desaparece, à medida que vamos descendo em direção à Catedral propriamente dita.

A primeira parte é a Via Crucis, com cada estação instalada em túneis, onde cruzes estão talhadas nas rochas, representando os personagens e visíveis por um jogo de luzes.

A Cruz e o seu nível de profundidade no túnel, além das pedras no entorno é que dão o significado de cada estação.

Ao som de cantos gregorianos, surgem paredões de sal com anjos talhados na pedra.

Desce-se cerca de 180 metros sob a terra até chegar à Catedral propriamente dita, onde se encontra a grande cruz de 16 metros talhada na pedra, além da escultura ” A  Criação do Homem”, uma homenagem a Michelangelo e o nascimento de Jesus.

Há um setor com lojinhas com vendas de artesanatos, jóias e lembrancinhas.

Escultura em homenagem aos nativos

A Rota do Mineiro

Após a visita à catedral, pode ser feito um tour, onde se simula o trabalho na mina, inclusive com uma explosão como efeito especial.

Chão da mina

 

 

Onde: Município de Zipaquirá

Quando: 2ª a 6ª(9-16:30h). Sab./dom.(9-17:00h)

Quanto: Dependerá do tipo de pacote. Mais informações aqui.

Como fui? veja aqui

Add Comment

Required fields are marked *. Your email address will not be published.